Páscoa em Gramado 2019 vem aí!

Sim, já é possível sentir o cheirinho de chocolate que está por vir, sem falar nas peripécias que os personagens da Páscoa em Gramado reservam pra você a partir do próximo mês. A Páscoa em Gramado já tem sua data definida, iniciará no dia 29 de março e segue até o dia 21 de abril – quase um mês recheado com muita magia, religiosidade e encanto pra todos os lados da cidade.

Em 2018 celebramos a quarta edição da Páscoa em Gramado, que encerrou oficialmente no dia 08 de abril do ano passado. O último final de semana do evento contou com a passagem de aproximadamente 60 mil pessoas pela cidade. Mesmo depois do feriado que celebra a Páscoa, a cidade seguiu movimentada e com o mesmo entusiasmo para conhecer “O Doce Sabor de Gramado”, temática que guiou a edição anterior. Já imaginou quanta coisa linda está por vir agora em 2019?

A programação da Páscoa em Gramado movimentou a Serra Gaúcha durante as quatro semanas de evento em 2018. Mesmo esperando cerca de 400 mil pessoas, a marca alcançada chegou bem próxima da expectativa: no total, um público de aproximadamente 350 mil pessoas passou pela cidade e aproveitou a beleza, gastronomia e as atrações programadas. A quarta edição consolidou-se como evento permanente de Gramado, trazendo cultura, tradição e fé para o mês de abril. A cidade decorada atraiu turistas de diversas partes do mundo e a programação agradou o público de todas as idades.

A decoração deste ano já está sendo preparada, os personagens iniciaram sua programação para encher Gramado com tudo que há de mais gostoso nesse período. Saiba que o nosso Centro, ambiente mais movimentado da cidade, fica totalmente decorado e possuirá diversos atrativos para todas as idades. Há quem se engana achando que esse evento é voltado apenas para as crianças, nada disso, a família toda se diverte e leva consigo uma grande saudade na mala.

A movimentação promete ser intensa durante a realização do evento, as principais ‘cheias’ acontecem no Natal Luz, que encerramos em janeiro deste ano, e na Páscoa – por isso, atente-se às dicas que soltaremos por aqui até a chegada do evento. Aproveite, a previsão do tempo neste período costuma agradar todos os envolvidos, com calor, muito sol e um entardecer para refrescar.

Junto à Páscoa em Gramado acontece o Gramado Aleluia, evento religioso que possui o intuito de lembrar-nos os reais motivos para as comemorações do período. Esse evento, que com certeza te emocionará, possui atrativos diurnos e noturnos e encanta pela riqueza de detalhes. Aguarde, em breve lançaremos mais informações por aqui.

Fotos do post: Cleiton Thiele/SerraPress

Parque de Olivoturismo em Gramado

E você achando que Gramado já havia cansado de surpreender e inovar? nada disso, no dia 11 de dezembro a cidade lançou o Olivas de Gramado, primeiro complexo de olivoturismo do Rio Grande do Sul. Distante apenas 14 quilômetros do Centro de Gramado, em direção à Linha Nova, interior do município. Os ingressos para conhecer o novo empreendimento da Serra Gaúcha já estão à venda e incluem degustação de azeites, acesso à fazendinha e interação com animais, tour rural, trilhas ecológicas e visitas às plantações de oliveiras e aos cânions. Um ponto mais lindo que o outro, pensem num local privilegiado – aqui está!

O projeto, idealizado pela família Bertolucci, tradicional na cidade, busca resgatar as raízes culturais de Gramado e foi desenvolvido em uma área de 158 hectares na qual mais de 80% é composta por Mata Atlântica original. No total, mais de 12 mil pés de oliveiras foram plantados no terreno que fica sobre uma enorme mina de quartzo branco, interessante também para quem busca experiências no campo holístico. Ou seja, este é o espaço ideal para um passeio reunindo toda sua família e amigos.

Após estudos na Grécia, Portugal e Espanha, grandes produtores de azeites e azeitonas, seis espécies de oliveiras foram plantadas no Olivas de Gramado, sendo duas com o objetivo de cultivo e comercialização de azeitonas e quatro para produção de azeites de alta qualidade.

Em breve ficam prontos Centro de Recepção, dotado de auditório para apresentações, restaurante e Empório Comercial, com oferta de azeite e produções da comunidade de agricultores vivendo nas proximidades: biscoitos, doces, embutidos, queijos, vinhos e etc. Uma passarela com piso em vidro permitirá circular por cima da área de esmagamento dos frutos, filtragem do óleo e envasamento do líquido, possibilitando aos interessados acompanhar o processo de extração do azeite e seu envasamento em garrafas de vidro.

Esta edificação também vai abrigar uma boutique, na qual estarão disponíveis itens para uso pessoal — como agasalhos, bonés, camisetas etc. —, e lembranças variadas, todas desenvolvidas segundo padrões de qualidade de uma nova grife, a Olivas de Gramado.

O espaço também contará com áreas para eventos privados, capela ecumênica, deques para contemplação de paisagens com toda segurança, em locais estratégicos, espaços com churrasqueiras, ponto para a decolagem, pouso e ancoragem de balões, rampa de parapente e hotel.

Um dos principais atrativos de turismo ao redor do mundo, a gastronomia, não ficou de fora. O Bistrô Olivas de Gramado vai combinar os pratos de menus sofisticados com a identidade colonial da região — além de dispor de uma carta diversificada de bebidas.

Confira os passeios disponíveis, assim como seus horários e valores, através do site: www.olivasdegramado.com.br

Fevereiro e Março em Gramado – As melhores dicas da cidade

O verão traz consigo a nossa baixa temporada, afinal, Serra Gaúcha é propícia pras estações de outono e inverno, né? Olha, depende. É na baixa temporada que a nossa mobilidade urbana flui com mais naturalidade, onde os restaurantes possuem vagas em diversos horários, onde os parques e museus não possuem filas para entrada e, também, onde a neblina e os chuvisqueiros não atrapalham o seu passeio. É na baixa temporada que a cidade fica mais tranquila, (bem) menos movimentada, o horário de verão apresenta as cores ainda mais evidentes de cada detalhe, enfim, é o momento ideal pra quem deseja visitar o melhor de Gramado sem gastar muito, sem correria, sem espera e com um dia mais longo.

Os meses de fevereiro e março já reservam alguns eventos tabelados em nossa cidade. Em fevereiro acontece o Gramado In Concert, evento aberto ao público, com o intuito de enaltecer a música erudita, reunindo estudantes e profissionais de todo o mundo, sem falar nas belíssimas apresentações; Também temos o Carnaval, o queridinho do nosso país, e se engana quem acredita que Gramado não sabe fazer folia – possuímos um dos maiores carnavais de salão do mundo, sim, do mundo; Por fim, o evento que traz (durante seu período) uma movimentação mais intensa, famílias em busca de atrativos, fé e religiosidade, ovos de chocolate e muitos coelhinhos pelas ruas, a Páscoa em Gramado reserva sempre as mais deliciosas surpresas pra quem a visita.

O nosso clima entre os meses de fevereiro e março pode te surpreender. Fazemos parte de uma região muito úmida, o que intensifica a temperatura, independente se ela é quente ou fria. Isso pode te assustar e você pode até duvidar, mas chegamos facilmente aos 30ºC no verão. Com a umidade, esse clima fica ainda mais intenso, fazendo que sua mala seja mais leve, economize espaço para os mimos e delícias que adquirir por aqui. Claro, estamos em Gramado e o clima podem sim mudar, facilmente te pegar desprevenido – a principal dica é: em Gramado, um gurda-chuva e um casaquinho serão sempre seus melhores amigos. Falando nisso, já criamos um post no blog específico sobre o assunto: Roupas para usar em Gramado.

Claro, alguns passeios são especiais entre os meses de fevereiro e março em Gramado. Como já dito, o clima quente nos chama para atividades externas, para curtir a família num gramado com uma bela vista, para praticar algumas atividades e esportes ao ar livre, tomar um sorvete ou fazer um piquenique ao lado de quem se ama. Por isso, nossa principal dica é: aproveite os parques da cidade. O Lago Negro, mais visitado e conhecido ponto turístico da cidade, oferece os pedalinhos, um gramado bem extenso para sentar em grupo e curtir o momento, diversos pontos de sombra em função das diversas árvores ali presentes. O Lago Joaquina Rita Bier, da mesma forma, com amantes do slackline e das bicicletas, ponto super familiar e bem pertinho do centro, mudando totalmente aquela característica movimentada. Por fim, o Le Jardin – Parque da Lavanda, com um gramado imenso, sombra e uma vista privilegiada dos seus jardins e canteiros floridos. Sim, todas as dicas dadas são gratuitas, quer saber mais? Confira aqui: Os parques de Gramado.

Outra dica preciosa (essa é preciosa mesmo) é sobre os melhores lugares para tomar sorvete em Gramado. As opções são variadas, mas nós aqui da We Love Gramado sempre oferecemos dicas feitas e criadas por gramadenses, para que vocês consigam se sentir ainda mais em casa enquanto estiverem por aqui. Vamos começar pelo mais tradicional da cidade: a Velha Bruxa, esse espaço faz parte da infância e adolescência de quase 100% de nossos adultos, ou seja, desde criança fomos acostumados a visitar e desfrutar do sorvete dali, prove o cascão com sorvete e calda de chocolate Prawer derretido, a banana split (com um mix de frutas) ou a taça de sorvete com chocolate derretido. Já no Paradouro Lago Negro, tu possui nosso cartão postal como vista, além de um cardápio atrativo em qualquer horário do dia, nossa principal dica aqui é a banana split, com certeza uma das melhores que você vai provar ao longo da vida (pode acreditar). Agora, se você procura um buffet de sorvetes, basta se deslocar um pouquinho do Centro e das áreas mais movimentadas e ir até o D’Roma. Essa lancheria tem aquele típica cara de férias, sabe? Tudo que oferecem, apesar de simples, é muito saboroso. Ali tu encontras o buffet, guloseimas e podes solicitar a tigela de açaí. Aproveite pra conferir aqui as melhores dicas de Lancherias em Gramado.

Por fim, nada melhor que curtir todas as dicas acima e possuir o lugar certo para descansar à noite. Né? Nossos apartamentos são super bem localizados, a maioria no Centro da cidade, decorados e repletos de utensílios, para que você se sinta em casa por aqui. Além disso, oferecemos internet WiFi, rouparia completa, churrasqueira em algumas opções, vagas de garagem e muito mais. Claro, o principal para curtir fevereiro e março em Gramado: ar condicionado. Quer saber mais sobre os nossos serviços oferecidos? Veja aqui: Se sinta em casa em Gramado.

Contato com a natureza em Gramado

Você já sabe, né? A Serra Gaúcha é uma região super privilegiada no Rio Grande do Sul, possui grandes áreas verdes e oferece muito contato com a natureza, onde você já percebe através da vinda para a região, com estradas arborizadas, sem falar nos pontos turísticos que fazem parte de todas as cidades por aqui. Claro, algo que também pode (e vai) te surpreender é o ar fresco, sabe aquele ar puro que faz toda a diferença no seu dia a dia, principalmente quando o seu intuito é aproveitar as férias e relaxar?

Então, esse ar fresco está presente em toda a nossa cidade, afinal, como já comentamos diversas vezes anteriormente, temos um cuidado todo especial aqui em Gramado – mantendo nossas ruas com diversas árvores, tanto na área Central quanto pelos bairros, pontos turísticos com gramados e árvores, canteiros floridos e muito, muito cuidado e zelo com tudo isso.

Pra quem é apaixonado por natureza, assim como a gente, é primordial escolher um destino que oferece tudo que procuramos – Gramado possui diversos parques abertos, alguns gratuitos, cachoeiras, trilhas, espaços para acampamento, tudo pra você esquecer o que lhe incomoda e se afundar na nossa magia mais que natural.

Aproveite sua estadia por aqui para ter esse contato tão especial com a natureza. Não deixe de fora da sua lista de roteiros o Lago Negro, nosso principal e mais visitado ponto turístico, com entrada gratuita, 700 metros de caminhada com muitas árvores europeias, sem falar num possível passeio de pedalinho no Lago; o Lago Joaquina Rita Bier, com banquinhos em volta do Lago, um espaço para caminhada/corrida, slackline, um gramado imenso e um espaço ideal para relaxar, também gratuito; o Gramado Golf Club, onde até mesmo os não praticantes do esporte vão se apaixonar, um gramado lindíssimo e extenso, restaurante típico, laguinhos espalhados pelo espaço e muitas árvores locais – primeiro ligue e agende sua visita, a entra é gratuita mas algum torneio pode estar acontecendo; o EcoParque Sperry, ponto ideal pra visitação dos aventureiros, local para trilhas, banho de cachoeira, reunir os amigos e aproveitar durante todo o dia – aqui há um restaurante chamado Bergamota, aproveite para investir várias horas por aqui, há cobrança de entrada mas super vale o investimento; por fim, nossa última dica é curtir o Interior de Gramado, nossa área rural é riquíssima, apesar de ser quase totalmente asfaltada, possui muito das características coloniais, com casinhas típicas, povo acolhedor, rotas arborizadas, animais para visualização e alimentação, um contato direto com a lida no campo, sem falar dos pratos típicos da nossa cultura – tudo super natural, colhido e produzido ali mesmo – leia mais sobre os Roteiros de Agroturismo aqui.

Agora que tu tens as melhores dicas de Gramado sobre nossos parques, nossas áreas verdes, nossos espaços para acampamento e tudo que envolve um belo contato com a natureza, aproveite para conferir Como se Sentir em Casa em Gramado – afinal, sua estadia perfeita começa aqui.

Como é a acessibilidade em Gramado?

Já é sabido que somos um dos principais roteiros turísticos do Brasil, e também da América Latina, recebendo mais de 6 milhões de visitantes todos os anos – somente neste período que acabou de encerrar, o Natal Luz, são mais de 2 milhões de pessoas que escolhem Gramado como destino – seja para passeio em família, lua de mel, trabalho ou reunião com amigos.

Por recebermos tantos e tantos visitantes, é preciso estarmos preparados para os mais distintos grupos possíveis – crianças, adolescentes, deficientes físicos e mentais, idosos, enfim, todos são muito bem vindos e encontram aqui em Gramado tudo que é necessário para transformar esse momento em algo inesquecível.

Foto: Karen Pinheiro

A acessibilidade é item obrigatório, tanto nas vias públicas quanto privadas. Desde a rampa de acesso, vagas de estacionamento, corrimão, escadas com anti derrapante, piso com marcações para deficientes visuais, enfim, tudo que faz a diferença pra quem necessita de um cuidado a mais durante seus passeios. Nosso dever, como cidade e cidadãos, é garantir a mobilidade de forma concisa, fazendo com que estes visitantes possam usufruir de tudo que quiserem por aqui.

Nossas calçadas, nossas vias, nossos pontos turísticos, nossos atrativos, enfim, tudo está de acordo com a lei nacional. Aqui em Gramado todos se sentem em casa, essa é uma frase que constantemente falamos aqui no blog e estamos demonstrando semanalmente o por quê de tamanho orgulho.

Foto: Paula Cristina Scheid

Por isso, fique tranquilo ao escolher Gramado como destino – independente do período. É preciso dizer que sim, a alta movimentação pode te preocupar, dependendo de qual sua limitação. Em nossa alta temporada, que acontece de julho a agosto e de novembro a dezembro, a cidade fica completamente lotada – as calçadas estão cheias, as vias mais congestionadas e os passeios repletos de visitantes.

Portanto, se o movimento é algo que pode, de uma forma ou outra, atrapalhar seus planos por aqui é simples – curta os meses de baixa temporada, onde tudo flui mais normalmente e até os preços caem, visite Gramado em janeiro, fevereiro, maio e setembro.

O primeiro Café Colonial do Brasil é nosso!

Gramado é pioneira em diversas ações e atrativos, a criatividade faz parte do nosso dia a dia e transforma nossas ideias em projetos pra você, turista que escolhe Gramado como destino. Algo que chama a atenção de todas as pessoas que visitam Gramado, e também as que planejam visitar, é a nossa gastronomia – somos conhecidos mundialmente pelas delícias criadas e produzidas por aqui, desde aquele apego às nossas origens, através das culinárias italiana, alemã e portuguesa, até o abraço e receptividade com outras raízes, como o fondue, o sushi e os hambúrgueres. Se já quiser aproveitar, acessa o nosso conteúdo sobre Qual o melhor restaurante de Gramado? – aproveite pra conferir as melhores dicas feitas por quem é daqui.

Mas vamos ao assunto principal desse post, você sabia que o primeiro café colonial do Brasil é de Gramado? Sim, essa delícia que você precisa conhecer enquanto estiver por aqui, foi criada aqui na nossa cidade, vamos contar um pouquinho dessa história… Tudo começou em 1972, quando a cidade tinha apenas 19 anos. Uma curiosidade bacana é que neste mesmo ano foi criado o Festival de Cinema de Gramado e aqueles que prestigiavam o evento, também aproveitaram para saborear as receitas coloniais e dar início ao Primeiro Café Colonial do Brasil.

O Café Colonial Bela Vista começou através da primeira doceira da família, Lira Caliari, que trouxe da localidade onde nasceu, Linha Marcondes, interior aqui de Gramado, as melhores tradições da culinária alemã. Ela foi criada em meio a fornos sempre quentes, de onde saíam pães de milho e centeio e cucas. Aprendeu a cozinhar com a mãe Eli e com as tias Olga e Adelina, e logo estava produzindo pães de mel e bolachas coloniais. Com 16 anos, Lira deixou o interior para trabalhar em Gramado. Trabalhou em hotel e casas de família, onde mostrou suas habilidades culinárias, até chegar ao Bela Vista. Primeiro, como funcionária. Mais tarde, como proprietária.

O alto nível de exigência de Dona Lira podia ser observado no dia a dia por suas ajudantes. De acordo com a família, ela inventava receitas e, ás vezes, chegava a jogar quatro tortas fora até chegar no ponto certo. Ela sempre disse que todos os livros de receitas tinham segredos, então por isso ela mesma inventava as próprias tortas. O amplo cardápio costuma encantar turistas de todo o Brasil, incluindo celebridades, sabia? Dona Lira conta que a “Xuxa comia bem, mas evitava o sal. No dia em que foi ao café colonial, fez a festa da criançada”, relembra ela. Já o técnico Luiz Felipe Scolari costuma visitar a casa e provar de tudo. “Teixeirinha e Mary Terezinha gostaram tanto que foram até a cozinha cantar para mim”, relembra a doceira. Que amor tudo isso, né, gente?!

Agora basta você aproveitar a estadia em Gramado pra experimentar e se encantar com o nosso café colonial. De acordo com nossa equipe, algumas daquelas delícias são ainda mais especiais – como o rocambole de doce de leite, a torta de amendoim, os risoles e bolinhos de queijo, sem falar nos grelhados que chegam à mesa. Já o Apffelstrudel, o prato favorito da Dona Lira, é uma das delícias que exige maior tempo na preparação. Segundo ela, “o segredo é a minha mão, às vezes uma ajudante fazia uma receita com todas as quantidades certas, mas não saía igual”, relembra. Se você quiser conferir algumas receitas dela, confira em Receitas da Dona Lira.

Pelas fotos que aqui colocamos você já consegue imaginar as dezenas de pratos que chegam até você, além disso tudo, tu ainda tens direito à um refrigerador repleto de tortas maravilhosas pra deixar sua refeição ainda mais doce. Grelhados também circulam pelo salão e fazem a alegria de quem está por ali. Saiba também que Gramado possui algumas opções em casas de Café Colonial, todas que seguiram essa tendência e oferecem o melhor aos seus visitantes. Aproveite!

Gramado fica perto da capital gaúcha?

Já de cara respondendo a sua pergunta, sim! Gramado fica há aproximadamente 120 quilômetros de Porto Alegre, a capital gaúcha, considerada por muitos como o mais belo pôr do sol da nosso país – ou um dos mais belos, no mínimo. Essa pergunta nos é constantemente feita por que a grande maioria de nossos visitantes, quase 90% deles, passa pela nossa capital para chegar aqui na cidade – tanto através do aeroporto Salgado Filho quanto da rodoviária municipal. Por isso, fique feliz, ao chegar na capital sua viagem está quase completa, em no máximo duas horas Gramado se revela e você já pode começar a realizar seus sonhos por aqui.

Pôr do sol no Guaíba, em Porto Alegre.

A rota mais comum inicia na BR 116, passando por grandes cidades como Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo, entrando na BR 239 em direção a Taquara. Agora está quase, viu?! Em Taquara começa a RS 115, trecho bem estruturado e com movimentação leve na maioria dos dias. Por aqui, existem diversas opções em postos de gasolina, outlets, restaurantes e bancas. As paradinhas podem ser muito proveitosas, aproveitar o caminho é essencial e auxilia no estresse pós algumas horas de viagem.

Se a pressa não faz parte da sua viagem e você deseja uma rota mais bonita, mais arborizada, com clima europeu, opte pela Rota Romântica. Nesse trecho você passará por cidades que retratam (e muito bem) sua colonização alemã, como Picada Café e Nova Petrópolis. São longos trechos de natureza exuberante, se vieres no outono aproveite todo o caminho em Plátanos, árvore típica e plantada na beira da estrada, deixando os tons alaranjados ainda mais chamativos, um clima romântico paira por ali. Para prosseguir o seu caminho é a BR 235, que mantém todo esse encanto que já falamos até Gramado.

Mas ainda há uma terceira opção, sim. Caso na sua viagem o trecho entre Porto Alegre e Novo Hamburgo da BR 116 esteja muito movimentado, tu tens a opção de seguir para a cidade de Gravataí. Nesta rota é imprescindível o uso de um GPS ou, também, podes ficar tranquilo se estiver a bordo de um translado ou demais transportes alternativos. Saindo do aeroporto você opta em seguir pela BR 290, a tão conhecida Free-Way para nós gaúchos, indo em direção à Gravataí e Taquara. Sinceramente, este é o trecho caso a movimentação esteja intensa nos dois citados anteriormente. Este aqui é o menos preservado, portanto, não espere rodovias bem asfaltadas e uma ótima sinalização, ok?

Pronto, todas as rotas bem explicadinhas para que não ocorra nenhum erro na sua chegada em Gramado. Caso queira aproveitar um pouco da capital gaúcha, saiba que Porto Alegre possui diversos atrativos turísticos lindíssimos, todos com um charme único que carrega em si o bairrismo do Rio Grande do Sul. Vamos anexar aqui um link oficial descrevendo os pontos turísticos da capital, bem como algumas fotos e os endereços para te auxiliar ao máximo – Um guia básico para fazer turismo em Porto Alegre.

Usina do Gasômetro, em Porto Alegre.

Sol, calor e animação no verão em Gramado

Tá achando que somente o inverno, as baixas temperaturas e as previsões de neve combinam com a encantadora Gramado? Nada disso, o verão tem seus encantos aqui na Serra Gaúcha também, com cores vibrantes, temperaturas elevadas mas acompanhadas de um ventinho agradável, anoitecer a partir das 20h30, além de todos os atrativos que combinam e muito com essa estação – Parques e ruas arborizadas, contato direto com a natureza, ar fresco, restaurantes e bares com mesas externas, chopes artesanais, sorvetes artesanais e tudo que você merece pra curtir o melhor do verão em Gramado.

Onde ir?

Aproveite muito nossos passeios e roteiros ao ar livre. Tanto uma caminhada pelo Centro da cidade, percorrendo a Avenida Borges de Medeiros, conferindo as principais lojas, restaurantes e chocolatarias de Gramado. Olhe de forma atenta para nossos canteiros floridos e super coloridos, nossos termômetros temáticos marcando altas temperaturas (acredite), nossas árvores espalhadas por todas as ruas do município, bem como as Praças e Parques. Por falar em nossas Praças, fique tranquilo, todas possuem diversos bancos para descanso, sombra para relaxar e belas vistas de tudo que lhe rodeia por aqui – confira a Praça Major Nicoletti, em frente à Igreja Matriz São Pedro, e a Praça das Etnias, apresentando nossa história e cultura através de artesanato, arquitetura e gastronomia. Já quanto aos nossos parques, com certeza os pontos mais visitados de Gramado, possuem um post anterior aqui no blog todinho pra eles – confira Os Parques de Gramado – Dicas de passeio para toda a família e aproveite o passeio.

Praça Major Nicoletti – Centro de Gramado.

O que devo provar?

Ah, muitas coisas. Gramado possui duas cervejarias próprias, com ótimas cervejas e chopes artesanais, produzidos aqui em nossa cidade com todo o charme e elegância que algo gramadense merece. São sabores incríveis, que agradarão seu paladar e deixarão o seu verão ainda mais leve. As cervejarias possuem suas fábricas no bairro Carniel, abertas para visitação com opção de degustação e mini restaurantes. Já pelo Centro, tu encontrará diversos barzinhos e pubs dessas mesmas cervejarias, sendo elas a Gram Bier e a Rasen Bier. Aproveite para conferir Como é a Noite em Gramado – Dicas de bares e festas.
Outro item que merece sua atenção e você merece provar são nossas casas de Chocolates Artesanais, com chocolates em diversas opções e texturas, lanches frios e quentes, bebidas variadas e opções que vão deixar você e sua família ainda mais confortáveis nesse verão em Gramado. Algumas, quase a maioria, também oferecem sorvetes artesanais, distribuídos em taças com chocolate derretido, banana split e muito mais. Aqui no blog já demos a nossa opinião sobre Qual o melhor Chocolate de Gramado, você viu? Por fim, pra deixar você ainda mais informado quanto ao que deve provar em Gramado, confira Os Melhores Restaurantes de Gramado e Lanches e hambúrgueres em Gramado.

Banana Split na Casa da Velha Bruxa, no Centro de Gramado.

Conforto como se você estivesse em casa

Algo que deve estar matutando em sua cabeça são as suas malas, né? Já criamos um post completo, repleto de informação quanto ao que não pode faltar na sua mala, sendo verão ou primavera, outono ou inverno – Gramado é sempre uma caixinha de surpresas e nesse texto explicamos porquê: Roupas para usar em Gramado – O que é essencial na mala. Por fim sim, afirmamos que é possível sair de casa e se sentir em casa aqui em Gramado, sabia? Oferecemos apartamentos super bem localizados, com completa infraestrutura, totalmente mobiliados e decorados, com utensílios domésticos e rouparia, além de internet, TVs e ar condicionado. Vai dizer, assim fica até fácil relaxar no calor do verão serrano após muitos passeios pela cidade – saiba aqui nesse link Como se sentir em casa em Gramado.

Aproveite!

As delícias da gastronomia de Gramado

Claro, já escrevemos muito sobre a nossa gastronomia, sobre todas as delícias que fazem parte da nossa cultura e que tanto agradam nossos moradores e visitantes. A culinária gramadense chama a atenção por diversos fatores, pode ter certeza que vamos descrer um por um aqui abaixo e te mostrar por que somos tão conhecidos pelos pratos que produzimos, todos eles carregados de muita história, refletidos em nossa cultura e costumes.

Parece Casa de Vó

Sabe aquela sensação de se sentir em casa, de sentir um cheirinho que conta histórias, de sentir todo aquele aconchego que a Casa da Vó tem? Então, é disso que estamos falando. Gramado tem essa característica na sua culinária, grande parte dos nossos restaurantes típicos possuem receitas das nonnas e das bisas (avós e bisavós) da família, retratam nos pratos ali oferecidos todo esse zelo e carinho em cozinhar. Alguns de nossos restaurantes são uma homenagem aos antepassados da família, que contribuíram e muito pra construção daquele cardápio. Outra coisa que entra nesse tópico e pode chamar a sua atenção são os fogões à lenha, que estarão não apenas na decoração dos nossos ambientes, mas repletos de panelas de barro e de ferro com comidas deliciosas feitas especialmente pra você.

Fartura e sabor

Nossa gastronomia é assim, repleta de sabores, temperos diferenciados e muita, muita fartura. Um pouco mais abaixo vamos descrever o que faz parte dessa nossa cultura, mas já é sabido que a gastronomia italiana e alemã, principalmente, oferecem pratos cheios e mesa farta aos seus convidados, ou seja, comer em Gramado é sinônimo de comer bem sim. Afinal, nada mais satisfatório que um prato recheado de delícias, com polenta, massas, carnes, bolos, tortas e tudo, tudo que você merece ao chegar em Gramado para aproveitar ao máximo a sua estadia.

Misto de etnias – Italiana, Portuguesa e Alemã

Pra quem ainda não sabe, Gramado possui três culturas muito predominantes: Italiana, Portuguesa e Alemã. Isso não é nenhuma novidade, afinal, um de nossos principais pontos turísticos é a Praça das Etnias, que apresenta três casas, uma para cada etnia, mostrando móveis, vestimentas e gastronomia. Eis um ponto que merece sua atenção. Ali na Praça das Etnias também está a Casa do Colono, com produtos típicos, e os Fornos Coloniais, com pães, cucas e biscoitos feitos de forma artesanal.

Nessas três culturas, todas espalhadas de forma harmônica pela cidade, tu encontrará restaurantes típicos italianos, como as Cantinas Nonna Tena e Nonno Mio; restaurantes alemães, como o Alemanha Encantada e o Gasthof Edelweiss; e restaurantes portugueses, como o recém inaugurado Casa Aveiro, com receitas criadas pela mãe do jogador Cristiano Ronaldo, dona Dolores. Além dessas dicas, confira aqui a nossa lista com Os Melhores Restaurantes de Gramado, todos possuem características da nossa história, vale conferir.

Festa da Colônia e Festival de Gastronomia

Estes são os eventos que possuímos e enaltecemos a gastronomia da nossa cidade e região. O Festival de Gastronomia, que neste ano acontece em setembro, sem data ainda definida, reúne no Centro da cidade pratos criados especialmente para o evento, todos de restaurantes gramadenses ou da região serrana. Ali você compra a porção e tem a oportunidade de ver e conhecer um pouquinho de cada coisa daqui.

Já a Festa da Colônia é nosso evento mais gramadense, criado por gramadenses para gramadenses e visitantes que amam Gramado, assim como nós. No evento, que ocorre entre os meses de abril e maio, no Centro de Eventos Expo Gramado, te oferece os Fornos Coloniais (que no restante do ano seguem na Praça das Etnias), espetáculos típicos, bebidas artesanais, produtos coloniais em feira, além dos restaurantes típicos. Ali sim, além de conferir os melhores pratos italianos e alemães, tu podes aproveitar a decoração e o atendimento, tudo no evento é feito pelo colono, um de nossos maiores orgulhos locais.

Para todos os bolsos e gostos

Sim, Gramado é para todos. Todos nos veem como uma cidade cara, não deixa de ser, o custo de vida aqui é alto mas, em contrapartida, tu possui uma infraestrutura única e invejável. Pra quem visita, basta uma rápida pesquisa para aproveitar o melhor de Gramado sem gastar muito – confira mais em nosso blog, as melhores dicas de Gramado estão aqui. Após essa pesquisa, saiba que é possível comer muito bem, conhecer a nossa cultura e nossa gastronomia, desfrutar de pratos e buffets italianos, alemães e portugueses sem gastar uma fortuna na cidade. Aqui tu vais encontrar opções para todos os gostos, ambientes para casais e familiares, cardápios com dezenas de opções e preços que se encaixam na tua proposta. Aproveite!